idioma PT EN
voltar ao projeto

publicações


Programa ‘Conexões’ estreia dia 10 de Maio

fonte: http://novelas.sapo.ao/novidades/programa-conexoes-estreia-dia-10-de-maio • 07 de Maio de 2014

Foi esta terça-feira que se realizou o lançamento para a imprensa do programa Conexões, da Tv Globo. No restaurante Embarcadouro, em Luanda, os convidados foram recebidos por uma Bahiana e assistiram a apontamentos de um grupo de capoeira. Heloísa Jorge e Quim Fasano, contaram como estão a correr as gravações.

Quanto mais os brasileiros reconhecem a sua origem africana, mais africanos se identificam com o Brasil. Foi à procura do elo entre estas duas culturas que surgiu o ‘Conexões’ - novo programa da TV Globo em África, com estreia marcada para o dia 10 de Maio às 19:20 horas.

Exibido aos sábados e com repetição aos domingos, o ‘Conexões’ mostrará como a identidade brasileira tem uma forte influência da cultura africana: do comportamento à culinária, da religião à arte. E mostra o contraponto, desvendando como estão angolanos que vivem no Brasil e porque este é um dos principais destinos escolhidos por eles para morar, trabalhar, estudar ou passear.

Produzido pela Griot em parceria com a Globo, o ‘Conexões’ tem dois núcleos de produção, um em Salvador (Brasil) e outro em Luanda (Angola). Conta também com duas apresentadoras: Jaqueline Saluvo, que saiu de Angola e se mudou para o Brasil para ‘ancorar’ o programa, e a Heloísa Jorge, que já mora em terras canarinhas desde os 12 anos e apresentará tudo o que reconheceu de Angola no país que a acolheu.

“Acho que o mais importante do programa é mostrar o que permaneceu de África na Bahia. Eu acreditava que conhecia o Brasil, mas viver estas experiências mostrou-me que ainda não conhecia nada. Eu já tinha lido sobre o Candomblé, mas nunca tinha participado de um ritual. Vivenciar aquela cerimónia foi uma experiência única. Senti que estava próxima de Angola, pois nós dançamos deste jeito. O ritmo, a música, a roupa, tudo é semelhante. Estou aprender mais nestas semanas de gravação do que eu aprendi em todos os meus anos de pesquisa” conta a recém chegada ao Brasil, Jaqueline.

“É minha primeira experiência como apresentadora e a expectativa é muito grande. Sou filha de um mineiro, e mãe angolana, mas moro no Brasil desde os meus 12 anos. Sou fruto destas duas culturas. E o objectivo do programa, de aproximar estas duas terras irmãs, que já tem proximidade na linguagem, vai ser lindo, poético. E também há a questão da responsabilidade social, mostrando o que pode ser melhorado nos dois países”, comenta Heloisa. “Nós (Jaqueline e Heloisa) conhecemo-nos no programa, mas já nos tornámos amigas e trocamos experiências, eu oriento a Jaqueline sobre Salvador e ela a mim sobre Angola. Estamos nos divertindo muito!” completa a apresentadora.

Os quadros

O ‘Conexões’ terá diversos quadros, entre eles o “No Candongueiro”, que terá como repórter especial o actor e comediante angolano Quim Fasano. A bordo do táxi mais tradicional da Angola, o Candongueiro, Quim receberá convidados com quem fará um tour descontraído pelas ruas.

Já no quadro ‘Idas e Vindas’ um convidado angolano contará sobre os desafios percorridos para chegar até o Brasil. O ‘My Selfie’ permite que o público compartilhe imagens do quotidiano. No ‘Tá a Bater!’ o programa abre espaço para os talentos anónimos apresentarem números divertidos e empolgantes. ‘Lá e Cá” é o espaço em que brasileiros e angolanos poderão fazer perguntas uns aos outros sobre temas de interesse e curiosidades de cada país.

Ainda tem o ‘Fique Sabendo’, que apresenta noticiass com relevância para Angola; e o ‘Universo da Chiquinha’, onde as tirinhas da ilustradora angolana Chiquinha, que mora no Brasil há 5 anos, trazem temáticas sociais, relacionadas a brasileiros e africanos, com bom humor.

As apresentadoras

Jaqueline Saluvo é angolana e cresceu com a família em Luanda, onde se graduou em Comunicação Social pela Universidade Independente de Angola. Acumulou experiência de repórter e apresentadora em programas locais. Para comandar o ‘Conexões’ no Brasil está de mudança para Salvador, de onde vai ancorar diversas reportagens na Bahia e em todo o país.

Filha de pai mineiro e mãe angolana, Heloisa Jorge mudou-se de Angola para Minas Gerais aos 12 anos. Depois, escolheu Salvador para estudar na escola de teatro da Universidade Federal da Bahia, chegando a actuar nos palcos de Salvador, São Paulo e Luanda. Participou da minissérie ‘Gabriela’, adaptação de Walcyr Carrasco e, no cinema, do filme ‘Capitães de Areia’. Este ano estreia –se como apresentadora no novo programa da TV Globo.

O ‘Conexões’ será exibido aos sábados às 19:20 horas e repetido aos domingos às 10:55 horas. Os telespectadores podem participar por meio da plataforma de vídeos www.globo.com/vocenaglobo.